Tua paz

Quando já não tinha espaço, pequena fui
Onde a vida me cabia apertada em um canto qualquer,
Acomodei minha dança, os meu traços de chuva
E o que é estar em paz pra ser minha e assim ser tua
Quando já não procurava mais pude enfim nos olhos teus, vestidos d'água.
Me atirar tranquila daqui
Lavar os degraus, os sonhos, as calçadas
E, assim, no teu corpo eu fui chuva
... jeito bom de se encontrar!
E, mesmo que eu te me perca, Nunca mais serei aquela que se fez seca
Vendo a vida passar pela janela

(Maria Gadu)



Saudade é um dos sentimentos mais urgentes que existe, um dos que mais decisivos também, pelo menos pra mim. Naquela quarta-feira acordei atrasada com uma certeza estranha que as duvidas acabariam não me pergunte como, mas sempre encontro algumas respostas quando viajo, acho que quando fico longe de tudo sempre fica mais fácil me ouvir, me entender, calar as vozes em mim que não servem pra nada e ouvir aquilo que realmente preciso. Dessa vez era diferente, precisava viajar pra estar perto e não pra ficar longe.
Me acostumei a esperar sempre pela guerra, a ser a paz quase inabalável que atravessa a guerra, não por que quer. Dessa vez não soube o que fazer quando alguém também era a paz, uma paz tão clara, que me mostrava o deserto que com o tempo se formou, os traços de sequidão das marcas que fizeram em mim. Com você é ter uma paz que eu não conhecia como a chuva que cai pela primeira vez num deserto, que sara, lava e traz a vida que se perdeu. Melhor que a paz que resgata sonhos, é a paz que te faz nova.
Ah! Menino, como era bom fechar os olhos e deixar o amor escorrer bem no fundo da alma, sem peso, sem dor. Me espera que eu te espero, porque já sou tão sua que não sei mais ser só minha.
E quando fui embora chorava, foi o amor limpando a alma, libertando coisas presas e me deixando pronta pra ser sua clara como a luz, amor é a realeza. E a dor que sinto é da falta dos seus braços em volta do meu, é a saudade do seu sorriso pela manhã que me acordava feito o sol. Com você é tão bom ser. Como é bom ser só tua, pra sempre só tua.
.


Meu beijo e meu amor de sempre.


Kaka.

4 comentários:

Aqelas historias disse...

essa é a musica de Maria Gadu que eu mais gosto. Particularmente ela me lembra a saudade tbem... Enfim Kaka, gostei daqui, vou ta passando sempre. :*

Alan Brum disse...

Opa... Forte esse negócio de paz. Então pode se dizer que a procura acabou?! rs
Beijo

Wollys disse...

Gostei muito,parabéns !!!

Um brasileiro disse...

Oi. Estive aqui dando uma olhada. Muito legal. Gostei. Apareça por lá. Abraços.